• Janeiro Natural

Como montar um prato vegano equilibrado?


Para montar um prato, independentemente da sua dieta, é importante conhecer os grupos alimentares. Vamos a eles!


- Hortaliças: as hortaliças incluem o grupo dos legumes e verduras.

- Cereais e/ou tubérculos (batatas): os cereais integrais são sempre a melhor opção, por conterem uma maior quantidade de proteína, fibras e ferro.

- Leguminosas: as leguminosas são representantes do grupo dos feijões, grão-de-bico, lentilha... Elas são a principal fonte de proteína de um prato vegetariano.

- Frutas: são ótimas fontes de fibras, vitaminas, antioxidantes e, ainda, ajudam na hidratação.


Conhecendo os grupos alimentares e suas funções, é hora de saber a porcentagem que cada um deve ter no prato.

Como a imagem mostra, metade do prato deve ser composto pelo grupo de hortaliças (legumes e verduras); esse grupo é de extrema importância para a manutenção do nosso corpo e, muitas vezes, tem seu espaço reduzido.

A outra metade do prato deve ser dividida em dois, sendo ¼ representado pelas leguminosas (feijão, grão-de-bico, lentilha...) e o outro ¼, o grupo dos cereais/tubérculos e raízes.

As frutas não entram nessa divisão, pois seu consumo geralmente é feito como sobremesa. Devemos sempre dar preferência a frutas com vitamina C, como laranjas, acerola e morango, pois essa vitamina ajudará a absorção do ferro na refeição.


Dito isso, é de extrema importância lembrar que devemos sempre variar os alimentos dentro desses grupos.

Temos diversos tipos de feijão (carioca, preto, vermelho, rajado, fradinho...), por exemplo, e cada um tem sua concentração maior de nutrientes específicos. O arroz, no grupo dos cereais, pode ser representado por suas variações preta, selvagem, vermelha, arbóreo...


Na dúvida, lembre-se: quanto mais colorido, mais nutrientes, texturas e sabor.




César Janeiro Groke

Fundador da empresa Janeiro Natural


Contato

Facebook

Instagram

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Arroz