• Janeiro Natural

ESPECIARIAS - Sabor e saúde


O termo especiarias surgiu entre o século XIV e XV na Europa ocidental, para descrever produtos de origem vegetal com sabor ou aroma acentuado. Estão nesse grupo raízes, folhas, cascas e sementes, dentre outros. Isso se deve pelos óleos essenciais, usados na indústria farmacêutica, de cosméticos e na culinária. Aqui, falaremos de seus benefícios e aplicações na culinária.

As especiarias tinham uma grande aliada: a durabilidade. Por serem comercializadas secas, aguentavam as longas travessias por mar e terra. Além disso, podiam ser estocadas por anos, resistindo a mofos e pragas sem perder aroma e sabor. Era um prato cheio para comerciantes ávidos por lucro em tempos em que toda mercadoria precisava de longos períodos para chegar ao seu destino. De início, eram usadas para conservar os alimentos; mais tarde, passaram a ser presença obrigatória. Não demorou para que seus benefícios à saúde fossem descobertos.


Agora vamos listar algumas das principais especiarias comercializadas hoje em dia e seus benefícios à saúde:


Canela - é resultado da extração da casca interna de várias espécies de árvores do gênero Cinnamomum. Seus dois tipos principais são a Cassia, chamada de canela comum e a Ceilão, chamada de “canela verdadeira.” Usada em receitas doces e salgadas, tem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, antivirais e anestésicas, por exemplo. Além disso, combate transtornos digestivos, melhora o estado de ânimo, ajuda a combater o colesterol, diminui a pressão arterial e ainda é um expectorante natural. Todos sabemos que, em doces, ela fica incrível. Para além disso, nas receitas salgadas, ela dá um toque quente à refeição, oferecendo equilíbrio no sabor e aquele ardor que faz a gente salivar. Como todo alimento, deve ser consumido de forma consciente. A canela Cassia contém grande quantidade de uma substância chamada cumarina, que pode agravar doenças no fígado e irritação na pele.



Pimenta-preta ou pimenta-do-reino - uma das mais conhecidas especiarias, é o produto agrícola mais influente em eventos históricos, podendo ser comparado ao petróleo nos dias de hoje. Ela ajuda na digestão, reduz gases, azia e prisão de ventre ao estimular enzimas digestivas; aumenta o metabolismo e, logo, ajuda na queima de gordura. É uma poderosa agente antibactericida e auxilia na eliminação do excesso de fluidos por suor e urina.



Cravo-da-índia - árvore nativa das ilhas Molucas, na Indonésia, mas hoje é cultivada em vários lugares do mundo. Era tão importante no mercado do século XVI, que um quilo era comercializado por sete gramas de ouro. Com ação antimicrobiana e antifúngica, é usado no combate a infecções causadas por diversos tipos de bactérias e fungos. É também um poderoso antioxidante e usado no combate ao câncer, protegendo o corpo de doenças crônicas. Ajuda a regularizar o açúcar no sangue.



Cominho - amado ou odiado, polêmico, é usado por diversas civilizações, passando pelos celtas antigos, até os romanos e árabes. Ele melhora a digestão, reduz a formação de gases e dores abdominais. É um diurético natural, combatendo a retenção de líquidos no corpo. Também é um grande aliado do sistema imunológico, por sua grande concentração de vitamina B e zinco.



Noz-moscada - aquela revolucionária do molho branco! É uma especiaria obtida do fruto da árvore moscadeira, que chega a ter 15m de altura. Seu consumo deve ser controlado. Uma noz-moscada inteira - ou 5g em pó -, pode produzir alucinações e descontrole motor. Seus benefícios são inúmeros: melhora a concentração, o funcionamento do sistema digestivo e protege o cérebro de doenças degenerativas. Ela ajuda a desintoxicar rins e fígado e auxilia o sistema respiratório. É ótima para ser consumida antes de dormir. Faz bem para o coração, ao aumentar a circulação sanguínea e o sistema cardiovascular.



Louro - sua folha é rica em cobre, potássio cálcio, magnésio, zinco, ferro e selênio. Reduz a glicose no sangue e abaixa o colesterol, sendo uma grande aliada no controle e no combate a diabetes. Ajuda a digestão, combate os sintomas da gripe e ainda cria resistência a vários tipos de câncer.




Açafrão-da-terra ou cúrcuma - é uma planta da família do gengibre e originária da Ásia. Seus benefícios são inúmeros. Vários estudos relacionam o consumo dessa especiaria à prevenção de câncer. Na Índia, maior produtor e consumidor dessa especiaria, os índices de câncer e Alzheimer são proporcionalmente os mais baixos. A especiaria ajuda a combater danos musculares e problemas intestinais. Reduz inflamações no organismo, protege o coração e evita diabetes.


Esse foi o primeiro post da série Especiarias. Citei aqui as mais conhecidas, mas elas são inúmeras e cheias de vida, cor, nutrientes e sabor! Temos um leque de opções para nunca mais chegar perto de temperos prontos e ultraprocessados. Fique de olho. Logo tem mais!



César Janeiro Groke

Fundador da empresa Janeiro Natural

Contato

Facebook

Instagram



11 visualizações

©2018 por Janeiro Natural. Orgulhosamente criado por Ethos Comunicação & Arte com Wix.com