• Janeiro Natural

Proteínas

Muitos mitos sobre as proteínas são criados, principalmente quando falamos em uma dieta vegetariana estrita.




Então, vamos entender o que são as proteínas?


Proteínas são macromoléculas biológicas constituídas por uma ou mais cadeias de aminoácidos. Logo, a proteína não é algo único e inseparável.

As proteínas estão presentes em todos os seres vivos e participam em praticamente todos os processos celulares, desempenhando várias funções no organismo, como a resposta a estímulos e transporte de moléculas.


A proteína é composta por 20 aminoácidos. Alguns podem ser sintetizados no corpo e outros, não.

Os aminoácidos não essenciais são os que nosso corpo produz e, por isso, podem ser excluídos da dieta sem prejudicar a saúde. Entram nesse grupo: alanina, arginina, asparagina, ácido aspártico, ácido glutâmico, glicina, prolina e serina.


Outros aminoácidos não são produzidos por nosso corpo, sendo necessário obter fora – em dieta ou suplementação. São eles: isoleucina, histidina, leucina, lisina, metionina, felilalanina, treonina, triptofano e valina.


Proteína animal x vegetal


A proteína animal é considerada mais completa, pois nela é possível encontrar os nove aminoácidos essenciais. Mas isso, de forma nenhuma, faz a dieta vegetariana estrita pobre, pelo contrário. Junto com as proteínas da carne, devemos considerar a grande quantidade de gordura e outros aditivos, como remédios que o animal tomou ao longo da vida, metais pesados e microplásticos, no caso dos peixes.

No reino vegetal não há nada disso e você ainda encontra vários outros nutrientes que não são fornecidos pela carne animal. Além disso, todos os aminoácidos essenciais ao corpo estão presentes no reino vegetal, porém, não todos concentrados em um único alimento (com exceção de pouquíssimos exemplos, como a quinoa, a soja e a spirulina). Isso nos obriga a ter uma dieta variada e equilibrada, incluindo todos os grupos alimentares e mantendo uma refeição diversa e colorida.


Alimentos veganos ricos em proteínas


Como falamos anteriormente, a quinoa e a soja são grandes fontes de proteínas no reino vegetal e possuem todos os aminoácidos essenciais ao corpo.

Uma xícara de quinoa cozida fornece, em média, 8 gramas de proteína; a mesma quantidade de soja, pode proporcionar até 30 gramas.


A spirulina ainda não é muito conhecida no brasil. Ela é uma cianobactéria e cresce em água doce. É considerada um suplemento natural dos mais completos e é utilizada há milênios pela humanidade. Sua composição é feita entre 65% e 95% de proteínas, quantidades altíssimas e também possui todos os aminoácidos essenciais.


A ora-pro-nóbis é uma Panc (planta alimentícia não convencional) e conta, em sua composição, com 25% de proteínas.




César Janeiro Groke

Fundador da empresa Janeiro Natural


Contato

Facebook

Instagram



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Arroz